segunda-feira, 5 de junho de 2017

Missa da Segunda-feira na Oitava de Pentecostes

I classe, com Glória e Credo, paramentos vermelhos



INTRÓITO
(Sl 80,17.3)
CIBÁVIT eos ex ádipe fruménti, allelúja: et de petra, melle saturávit eos, allelúja, allelúja. PS. Exsultáte Deo adjutóri nostro: jubiláte Deo Jacob. Glória Patri. Cibávit eos.
ALIMENTOU-OS com riquíssimo trigo, aleluia, e os saciou com o mel que destilava dos rochedos, aleluia, aleluia. SL. Exultai em Deus, nosso auxílio: celebrai com júbilo ao Deus de Jacob. Glória ao Pai. Alimentou-os.

COLETA
DEUS, qui Apóstolis tuis Sanctum dedísti Spíritum: concéde plebi tuæ piæ petitiónis efféctum; ut, quibus dedísti fidem, largiáris et pacem. Per Dóminum... in unitáte ejúsdem.
Ó DEUS, que deste a vossos Apóstolos o Espírito Santo: atendei às piedosas súplicas do vosso povo, e aos que deste a fé, concedei-lhes também o dom da paz. Por nosso Senhor... na unidade do mesmo.

EPÍSTOLA
(At 10,34.42-48)
Léctio Actuum Apostolórum.
N
aqueles dias, Pedro tomou a palavra: “De fato”, disse, “estou compreendendo que Deus não faz discriminação entre as pessoas. E ele nos mandou proclamar ao povo e testemunhar que Deus o constituiu Juiz dos vivos e dos mortos. A seu respeito, todos os profetas atestam: todo o que crê nele recebe, no seu nome, o perdão dos pecados”. Pedro estava ainda falando, quando o Espírito Santo desceu sobre todos os que estavam escutando a palavra. Os fiéis de origem judaica, que tinham vindo com Pedro, ficaram admirados de que o dom do Espírito Santo fosse derramado também sobre quem era de origem pagã. Pois eles os ouviam falar em línguas estranhas e louvar a grandeza de Deus. Então Pedro falou: “Podemos, por acaso, negar a água do batismo a estas pessoas, que receberam, como nós, o Espírito Santo?” E mandou que fossem batizados no nome de Jesus Cristo. Eles pediram, então, que Pedro ficasse alguns dias com eles.

ALELUIA
(Salm 103.30)
ALLELÚIA, allelúia. V. Loquebántur váriis linguis Apóstoli magnália Dei. Allelúja. [Hic genuflectitur] V. Veni Sancti Spíritus, reple tuórum corda fidélium: et tui amóris in eis ignem accénde.
ALELUIA, aleluia. V. Os Apóstolos falaram em várias línguas, anunciando as maravilhas de Deus. Aleluia. [Aqui todos se ajoelham] V. Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis, e acendei neles o fogo do vosso amor.

SEQUÊNCIA
VENI, Sancte Spíritus, et emítte cǽlitus lucis tuæ rádium.
VINDE, Espírito Santo, e enviai do Céu um raio de vossa luz.
Veni, pater páuperum, veni dator múnerum, veni lumen córdium.
Vinde, Pai dos pobres, vinde, doador dos dons, vinde, luz dos corações.
Consolátor óptime, dulcis hospes ánimæ, dulce refrigérium.
Vós sois o melhor Consolador, o doce hóspede da alma, doce refrigério.
In labóre réquies, in æstu tempéries, in fletu solátium.

No trabalho sois descanso, nas intempéries a calma, no pranto o consolo.
O lux beatíssima, reple cordis íntima tuórum fidélium.

Oh! Luz santíssima, enchei o mais íntimo da alma de vossos fiéis.
Sine tuo númine, nihil est in hómine, nihil est inóxium.
Sem vossa inspiração, não há nada no homem, nada é puro.
Lava quod est sórdidum, riga quod est áridum, sana quod est sáucium.
Lavai o que está manchado, regai o que é árido, curai o que está enfermo.
Flecte quod est rígidum, fove quod est frígidum, rege quod est dévium.
Dobrai o que é rígido, aquecei o que está frio, reconduzi o que está desviado.
Da tuis fidélibus, in te confidéntibus, sacrum septenárium.
Dai a vossos fiéis, que em vós confiam, os vossos sete dons.
Da virtutis méritum, da salutis éxitum, da perenne gáudium. Amen. Allelúja.
Dai-lhes o mérito da virtude, dai-lhes o bom êxito da salvação, dai-lhes a alegria eterna. Amém. Aleluia.


EVANGELHO
(Jo 3,16-21)
Sequéntia sancti Evangélii secúndum Joánnem.
N
aquele tempo, disse Jesus a Nicodemos: Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem crê nele não será condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho único de Deus. Ora, o julgamento consiste nisto: a luz veio ao mundo, mas as pessoas amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Pois todo o que pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam denunciadas. Mas quem pratica a verdade se aproxima da luz, para que suas ações sejam manifestadas, já que são praticadas em Deus.     
                                                Credo

OFERTÓRIO
(Sl 17, 14.16)
INTÓNUIT de cælo Dóminus, et Altíssimus dedit vocem suam: et apparuérunt fontes aquárum, allelúja.
O SENHOR fez do Céu ressoar o trovão, e o Altíssimo fez ouvir sua voz, e apareceram as fontes de água, aleluia

SECRETA
PROPÍTIUS, Dómine, quǽsumus, hæc dona sanctífica: et hóstiæ spiritalis oblatióne suscépta, nosmetípsos tibi pérfìce munus ætérnum. Per Dóminum.
ROGAMO-VOS, ó Deus, que santifiqueis propício estes dons; e aceitando a oblação desta hóstia espiritual, fazei de nós mesmos uma oblação eterna para vós. Por Nosso Senhor.

PREFÁCIO DO ESPÍRITO SANTO
V. Dominus vobiscum.
R. Et cum spíritu tuo.
V. Sursum corda.
R. Habémus ad Dóminum.
V. Gratias agamus Domino Deo nostro.
R. Dignum et justum est.
V. O Senhor seja convosco.
R. E com o vosso espírito.
V. Corações ao alto.
R. Já os temos no Senhor.
V. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
R. É digno e justo.
VERDADEIRAMENTE é digno e justo, e igualmente salutar, que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus: por Jesus Cristo Nosso Senhor. Ele, subindo ao mais alto dos céus, e estando assentado à vossa direita, fez descer (hoje) sobre os vossos filhos adotivos, o Espírito Santo que lhes prometera. Por isso o mundo inteiro exulta com imenso gozo, enquanto as sublimes Virtudes e as Potestades angélicas entoam o hino de vossa glória, dizendo sem fim:

ANTÍFONA DA COMUNHÃO
(Jo 14, 26)
SPÍRITUS Sanctus docébit vos, allelúja: quæcúmque díxero vobis, allelúja, allelúja.
O ESPÍRITO Santo vos ensinará, aleluia; e vos recordará tudo quanto vos tenho dito, aleluia, aleluia.

PÓSCOMUNHÃO
ADÉSTO, quǽsumus, Dómine, pópulo tuo: et quam mystériis cæléstibus imbuísti, ab hóstium furóre defénde. Per Dóminum.
SUPLICAMO-VOS, Senhor, que olheis benigno para o vosso povo e defendais do furor dos inimigos a quem alimentastes com os mistérios celestiais. Por Nosso Senhor.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário