sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

II Domingo do Advento

PRÓPRIO DA MISSA
Estação em Santa Cruz de Jerusalém
Roxo, I classe

“Ecce ego mitto Angelum meum ante faciem tuam, qui praeparabit viam tuam ante te.”

A Igreja estacional hoje representa para nós a verdadeira Jerusalém que é a Igreja, onde todos encontram a salvação ao seu alcance. É cheios de esperança que aguardamos Jesus, pois vem salvar as nações do mundo inteiro. Na Epístola Deus é chamado de “Deus da paciência” porque Ele muito espera pela conversão dos pecadores, e O chamamos “Deus de consolações” porque dEle nos vem o alento interior que vence a pusilanimidade e nos faz sentir gosto até na Cruz e, finalmente, “Deus da esperança” porque infunde em nós o desejo de possuir o Céu.
No Evangelho São João Batista está preso e para socorrer a fé de seus discípulos envia dois para ir ter com Jesus. Não que o  Batista duvidasse do Senhor, mas para que os seus vissem por si mesmo e tirassem as conclusões lógicas (pela citação da profecia feita por Jesus) se Ele era ou não o Cristo. Reconheçamos também nós ser Jesus aquele de quem as Escrituras falam e a render-Lhe o devido assentimento da fé.

INTRÓITO
(Sl 24,1-4)
POPULUS Sion, ecce Dominus veniet ad salvandas gentes: et auditam faciet Dominus gloriam vocis suae in laetitia cordis vestri. Sl. Qui regis Israel, intende: qui deducis, velut ovem, Ioseph. Gloria Patri.
POVO de Sião, eis o Senhor que vem para salvar as nações; Ele fará escutar Sua voz gloriosa com alegria de vosso coração. Sl. Escutai, ó vós, pastor de Israel, vós que conduzis José qual ovelha.  Glória ao Pai.

COLETA
EXCITA, Domine, corda nostra ad praeparandas Unigeniti tui vias: ut per eius adventum, purificatis tibi mentibus servire mereamur: Qui tecum vivit et regnat in unitate.
ESTIMULAI, ó Senhor, nossos corações, para preparar os caminhos de Vosso Unigênito Filho, e por Seu advento merecermos servir-Vos com os espíritos purificadas. Ele que Convosco vive e reina.

EPÍSTOLA
(Rm 15,4-13)
Lectio Epistolae beati Pauli Apostoli ad Romanos
FRATRES: Quaecumque scripta sunt, ad nostrum douctrinam scripta sunt: ut per patientiam, et consolationem Scripturarum, spem habeamus. Deus autem patientiae, et solacii, det vobis idipsum sapere in alterutrum secundum Iesum Christum: ut unanimes, uno ore honorificetis Deum et Patrem Domini nostri Iesu Christi. Propter quod suscipite invicem, sicut et Christus suscepit vos in honorem Dei. Dico enim Christum Iesum ministrum fuisse circumcisionis propter veritatem Dei, ad comfirmandas promissiones patrum: gentes autem super misericordia honorare Deum, sicut scriptum est: Propterea confitebor tibi in gentibus, Domine, et nomini tuo cantabo. Et iterum dicit: Laetamini gentes cum plebe eius. Et iterum: Laudate omnes gentes Dominum: et magnificate eum omnes populi. Et rursus Isaias ait: Erit radix Iesse, et qui exsurget regere gentes, in eum gentes sperabunt. Deus autem spei repleat vos omni gaudio et pace in credendo: ut abundetis in spe et virtute Spiritus Sancti.

R. Deo Grátias!
Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Gálatas.
IRMÃOS, tudo o que antes foi escrito, foi escrito para nossa instrução, a fim de que, pela paciência e pelo conforto das Escrituras, possuamos a esperança.  Que o Deus da paciência e da força vos conceda estardes de acordo entre vós segundo o Cristo Jesus; e, de um só coração e uma só boca, dareis glória ao Deus e Pai, de nosso Senhor Jesus Cristo. Acolhei-vos, pois, uns aos outros, como o Cristo vos acolheu, para a glória de Deus. Pois, eu vos digo, o Cristo se fez servo dos judeus por causa da fidelidade de Deus, para confirmar as promessas feitas a seus pais; mas as nações, é por causa da misericórdia que elas darão glória a Deus, segundo o que está escrito: Assim eu te louvarei entre as nações, Senhor, e cantarei ao teu Nome. Diz ainda a Escritura: Exultai, nações, com o seu povo!   E de novo: Louvai o Senhor, todas as nações; festejai-o, todos os povos! E Isaías diz ainda: A raiz de Jessé brotará, erguer-se-á aquele que há de reger as nações, e no qual as nações hão de esperar. Que o Deus da esperança vos encha de toda alegria e paz na vossa fé, para que sejais ricos de esperança pela força do Espírito Santo.

GRADUAL
(Sl 49,2-3.5)
EX Sion species decoris eius: Deus manifeste veniet. V. Congregate illi sanctos eius, qui ordinaverunt testamentum eius super sacrificia.
DE Sião, onde brilha em Sua glória, Deus há de vir, e vai manifestar-Se. V. Juntai-lhe em torno os que, com sacrifícios, celebraram com Ele uma aliança.

ALELUIA
(Sl 121,1)
ALLELÚJA, allelúja.
V. Laetatus sum in his, quae dicta sunt mihi: in domum Domini ibimus. Alleluia.

ALELUIA, aleluia.
V. Que alegria a minha, ao me dizerem: Vamos à casa do Senhor! Aleluia.
Nas Missas da féria emite-se o Aleluia com o seu versículo.

EVANGELHO
(Mt 11,2-10)
Sequentia sancti Evangelii secundum Matthaeum
IN In illo tempore: Cum audisset Joannes in vinculis opera Christi, mittens duos de discipulis suis, ait illi: Tu es, qui venturus es, an alium exspectamus? Et respondens Iesus, ait illis: Euntes renuntiate Ioanni, quae audistis et vidistis. Caeci vident, claudi ambulant, leprosi mundantur, surdi audiunt, mortui resurgunt, pauperes evangelizantur: et beatus est, qui non fuerit scandalizatus in me. Illis autem abeuntibus, caepit Iesus dicere ad turbas de Ioanne: Quid existis in desertum videre? Arundinem vento agitatam? Sed quid existis videre? hominem mollibus vestitum? Ecce qui mollibus vestiuntur, in domibus regum sunt. Sed quid existis videre? prophetam? Etiam dico vobis, et plus quam prophetam. Hie est enim, de quo scripturn est: Ecce ego mitto Angelum meum ante faciem tuam, qui praeparabit viam tuam ante te.

R. Laus tibi, Christe.
+ Continuação do Santo Evangelho segundo São Mateus.
NAQUELE tempo, João, no seu cárcere, ouviu falar das obras do Cristo, e mandou dois discípulos perguntar-lhe: “És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar um outro?” Jesus respondeu-lhes: “Ide contar a João aquilo que ouvis e vedes: Os cegos veem, os coxos andam; os leprosos são purificados, os surdos ouvem; os mortos ressuscitam, e a Boa Nova é anunciada aos pobres. E feliz aquele que não encontrar em mim uma ocasião de queda!” Quando eles se retiravam, Jesus se pôs a dizer às multidões a respeito de João: “Que fostes ver no deserto? Uma cana agitada pelo vento? Então, que fostes ver? Um homem de roupas suntuosas? Mas os que usam roupas suntuosas estão nos palácios dos reis! Então, que fostes ver? um profeta? Sim, eu vos digo, e mais que um profeta. É dele que está escrito: Eis que envio o meu mensageiro diante da tua face, para que prepare o caminho diante de ti."
Credo.
OFERTÓRIO
(Sl 84,7-8)
DEUS, tu conversus vivificabis nos, et plebs tua laetabitur in te: ostende nobis, Domine, misericordiam tuam, et salutare tuum da nobis.
SENHOR, olhai para nós e dai-nos vida, e vosso povo se alegrará em Vós. Senhor, mostrai-nos Vossa misericór-dia e dai-nos salvação.

SECRETA
PLACÁRE, quǽsumus, Dómine, humilitátis nostræ précibus et hóstiis: et, ubi nulla suppétunt suffrágia meritórum, tuis nobis succúrre præsídiis. Per Dóminum.
APLACAI-VOS, ó Senhor, pelas nossas humildes preces e oblações e, como não temos méritos a apresentar em nosso favor, amparai-nos com o Vosso patrocínio. Por Nosso Senhor.

PREFÁCIO DO ADVENTO
VERE dignum justum est, aequum et salutare, nos tibi semper et ubique gratias agere: Domine Sancte, Pater omnipotens aeterne Deus: per Christum Dominum nostrum. Quem perdito hominum generi Salvatorem misericors et Fidelis promisisti: cuius veritas instrueret ínscios, sanctitas iustificaret ímpios, virtus adiuvaret infirmos. Dum ergo prope est ut veniat quem missurus es, et dies affulget liberationis  nostrae, in hac promissionum tuarum fide, piis gaudiis exsultamus. Et ideo cum Angelis et Archangelis, cum Thronis et Dominationibus, cumque omni militia caelestis exercitus, hymnum gloriae tuae canimus, sine fine dicentes: Sanctus...
VERDADEIRAMENTE é digno e justo, e igualmente salutar, que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus: por Cristo Nosso Senhor. Vós que, sendo misericordioso e fiel, prometestes o Cristo Salvador do gênero humano perdido, cuja verdade deveria instruir os ignorantes, santidade justificar os ímpios e força ajudar os enfermos. Enquanto aproxima-se a vinda daquele que enviareis e brilha o dia de nossa libertação nós exultamos com piedosa alegria na fé das vossas promessas. E por isso, com os Anjos e os Arcanjos, com os Tronos e as Dominações, e com toda a milícia do exército celestial cantamos hinos à vossa glória, dizendo sem fim: Santo...

COMUNHÃO
(Mt 6,33)
IERUSALEM, surge et sta in excelso, et vide iucunditatem, quae veniet tibi a Deo tuo.
LEVANTA-TE, Jerusalém, e permanece nas alturas para ver a alegria que Deus te manda.

PÓSCOMUNHÃO
REPLÉTI cibo spirituális alimóniæ, súpplices te, Dómine, deprecámur: ut, hujus participatióne mystérii, dóceas nos terréna despícere et amáre coeléstia. Per Dóminum nostrum.
SACIADOS com o Alimento espiritual, suplicantes Vos pedimos, ó Senhor, que Vos digneis ensinar-nos pela participa-ção deste Mistério a desprezar as coisas terrenas e amar as celestes. Por Nosso Senhor.


Festa de Nossa Senhora das Graças!

No último dia 25 de novembro a Paróquia Pessoal de Nossa Senhora das Graças, na cidade de Varre-Sai, RJ, Brasil, celebrou-se com Santa Missa Pontifical Solene a festa da Padroeira, seguida de grande procissão luminosa.

Confira algumas fotos!






















































Aproveite e leia também: